COISAS QUE APRENDI NOS MEUS 20 ANOS

05:51

Ainda tenho muita vida pela frente (espero eu), no entanto vim partilhar convosco algumas das lições que aprendi nos meus 20 aninhos de existência.


  • Nem sempre é fácil seguires os teus sonhos e por vezes tens de tomar decisões que não te vão proporcionar o futuro que tinhas planeado.
  • As pessoas desiludem. Por muito que penses que uma pessoa vai estar para sempre na tua vida, ela acaba por te surpreender da pior forma, abandonar-te e desiludir-te.
  • Tudo aquilo que achavas importante quando tinhas 14 anos perde toda a importância, e toda aquela reputação que quiseste criar durante o secundário já passou à história e toda a gente ja se esqueceu disso.
  • Chega uma altura em que a única pessoa que tem de gostar de ti és tu mesma, e acredita, isso é o mais difícil de conseguir.
  • Se te mentalizares e organizares podes conseguir os mais distantes objectivos.
  • As pessoas crescem. Os amigos ou os primos com quem brincavas com frequência antigamente mudam e nada vai voltar a ser como era, por muito que tentes, as pessoas acabam por crescer e afastar.
  • Sentir-te sozinha vai ser muito mais frequente, já não tens a mãe todos os dias atrás de ti, tornas-te independente e lidas com os teus próprios problemas e o peso do mundo acaba por cair em cima dos teus ombros.




You Might Also Like

11 comentários

  1. Crescimento implica responsabilidades e a perda da inocência.
    Só caímos em nós quando começamos a sentir falta daqueles dias fáceis de viver e quando nos cai tudo em cima ao mesmo tempo, como se fosse um peso gigante que nos empurra para o chão. Os tempos mudam, as pessoas crescem e a sua mentalidade também.
    Eu tenho 22 anos e por mais pouco que pareça 2 anos de diferença é muita coisa. Eu com 20 anos era completamente diferente. Por mais que as pessoas desiludem, há pessoas que aparecem e simplesmente marcam-te, há pessoas que não queremos mesmo perder porque gostamos realmente delas. Devemos amar-nos a nós primeiro, isso sempre! Mas devemos amar também os outros, devemos deixar que nos amem. Sentir o amor de quem gostamos é das coisas mais bonitas do mundo. E a família por mais que nos dessem na cabeça, nos fizessem tudo, mesmo com 50 anos, arrisco a dizer que continuaram a fazer o mesmo! Pais são pais, espero que seja sempre assim.
    Beijinho e que tenhas muitas anos para viver e novas experiências e novas ideias!

    http://limaomaisuva.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Adorei, a vida trás muitas responsabilidades, e com o passar dos anos elas só vão aumentando, assim como as preocupações. Crescer não é fácil.
    Beijinhos,
    Love is the new black

    ResponderEliminar
  3. Escreveu só verdade. E, concordo com a parte que fala em que gostar de si mesmo é a coisa mais difícil.


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderEliminar
  4. À medida que nos tornamos mais velhos, vamos percebendo que nem tudo é como pensávamos ou esperávamos.

    ResponderEliminar
  5. Tens razão em tudo! À medida que nos tornamos mais velhos, aparecem as responsabilidades, ora do trabalho, ora pessoal, ora disto ou daquilo. Faz parte do crescimento. Se todos fossemos sempre crianças não havia a palavra adulto, ou a palavra crescer. Temos é que manter a criança que há em nós sempre viva. E os problemas e percalços do dia-a-dia temos que tentar superar.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Tens toda a razão, com a idade vem todo um acréscimo de responsabilidade que por vezes parece que nos passa ao lado, mas as dificuldades estão lá. O importante é tentar sempre superá-las!
    THE PINK ELEPHANT SHOE // facebook // instagram //

    ResponderEliminar
  7. Tudo verdade e o pior é que quando chegares aos 36 ( como eu ), ainda vai ser pior - vais continuar a desiludir-te com as pessoas e vais sentir-te ainda mais sozinha. Vais olhar-te ao espelho e ver a jovem de 20 anos cheia de sonhos e objectivos e quando sais à rua alguém de 20 anos vai chamar-te de cota!!!!

    ResponderEliminar
  8. É tudo uma questão de perspetivas e expectativas, por vezes temos o dom de complicar o que é fácil, por vezes quem vem a seguir paga a fatura das desilusões e frustrações, as experiências boas ou más moldam a nossa forma de estar na vida.

    ResponderEliminar
  9. Os meu 20 também trouxeram todas essas reflexões, foi apenas há uns meses e eu ainda me assunto quando penso que ja os tenho...

    ResponderEliminar
  10. Ainda estou nos meus 20 mas já passei por todas essas situações, às vezes custa mas a vida não para. Espero que quando chegar aos 30 consiga apaixonar-me ainda mais por mim e pela vida.

    All We Need Is...

    ResponderEliminar
  11. Vivendo e aprendendo! O importante é sempre juntar novos conhecimentos

    Beijooos
    Le Duo

    ResponderEliminar