As vezes gostava de ser mais espontânea, decidir fazer uma coisa no momento e que corresse tudo bem, mas não sou assim. Tenho de planear, organizar e executar tudo da melhor forma para que a minha consciência fique tranquila e a minha mente organizada. 
Todos os meses planeio como será o meu mês, aquilo que tenho de ter em atenção para não me escapar, e manter um mapa mental de tudo o que preciso de fazer. Se me esquecer de algo, entro logo em parafuso heheh.
Eu sei que não é muito saudável estar constantemente em cima de tudo, aniversários, compras, encontros com os amigos, jantares, reuniões, vídeos para publicar, podcast, blog, instagram... And everything else. Tento também planear os meus dias por horas e atribuir as tarefas mais importantes a cada hora do dia, para que no final me consiga sentir produtiva. Is that normal?


Very long time no see!! E quantas novidades tenho para vocês! Bem, a nível profissional não tenho lá muitas boas notícias! Comecei a trabalhar numa imobiliária em Janeiro, e acabei por sair devido à pandemia (está mal para todos!!), e agora continuo na luta forte à procura de um estágio profissional! Estou motivadíssima e quero mesmo iniciar a sério a minha carreira profissional!!!
Entretanto tenho produzido imenso conteúdo no meu canal do youtube e investido imenso em vídeos de crime. Sim, crime. Se ainda não sabes eu tenho um canal onde coloco vários vídeos que abrangem os temas de Crime e Lifestyle. Por isso poderás ouvir histórias dos casos criminais mais sinistros, portugueses e estrangeiros, mas também podes passar um dia a limpar comigo, aprender uma receita nova ou até ver a minha rotina durante esta quarentena!! Temos vídeos para todos os gostos ahahah

Mas acima de tudo a mudança mais drástica que fiz na minha vida foi a nível alimentar e de actividade física. A meio do mês de maio eu e a minha mãe resolvemos começar a fazer uma dieta. Ambas fomos a uma nutricionista e foram-nos dados os passos da dieta EasySlim. Como eu não tinha intenção de ser acompanhada semanalmente apenas fiz uma avaliação física e fui seguindo a dieta com a minha mãe apenas alterando certos alimentos pois eu sou muito mais activa que ela e também tenho histórico de anemia.



Na primeira semana perdi 3kg! Isso mesmo! Eu sou bastante alta (1,85m) e pesava 78kg e comecei este regime alimentar com o objetivo de baixar dos 70kg. Para já consegui reduzir 5 kg. Deixei de comer massa, arroz e batatas, como menos pão e menos carnes vermelhas e aumentei muito mais a minha actividade física! Já noto algumas diferenças no meu corpo mas muito poucas, o que é certo é que o mais difícil, que é a gordura das pernas ainda está lá, e por isso comecei a fazer caminhadas de 5km quase diariamente, e quando não faço estas caminhadas opto por exercícios para tonificar. (se me seguem no instagram muitas vezes partilho tudo isto por lá).

O que é certo é que com esta alteração na alimentação entrei em todo um outro mundo que não me identificava nada e agora é quase uma paixão! Culinária saudável e muitas vezes à base de plantas!
Comecei a beber leite de amêndoa, que nunca na vida pensei em fazer!! Agora gosto razoavelmente de abacate, antes não suportava, e aprendi imensa coisa acerca do bem e do mal que certos alimentos fazem, que não fazia ideia!!

É bom poder entrar neste novo mundo e conhecer a cada dia novas coisas acerca da minha alimentação e do meu corpo e sinto que devo partilhar também por aqui as minhas conquistas! Me aguardem que mais posts sobre este tema virão aqui para o blog!!! AND I'M SUPER EXCITED!!!
Ontem fui a uma consulta de oftalmologia, porque já andava a reparar que o meu olho direito não estava a funcionar como devia e via desfocado. Não dei assim muita importância e pensei que fosse só cansaço. No entanto, ontem obtive o veredicto de que teria de usar óculos.
Eu, que sempre me gabei de nunca precisar de óculos, de ter a melhor visão de sempre, vou agora ter de os usar diariamente. É uma pequena derrota moral, deixem-me que vos diga, mas a criança em mim vai ficar orgulhosa, dado que quando era pequena só queria usar óculos heheh. 



O meu maior problema será habituar-me a usá-los pois é a primeira vez que uso qualquer tipo de óculos (a não ser os de sol). O meu diagnóstico foi de astigmatismo e vim a saber que pode ter provocado as dores de cabeça que tinha sempre ao fim do dia devido ao esforço que os meus olhos faziam para conseguir focar os objetos. Enfim, vamos lá começar uma nova fase. Wish me luck!
Hello, hello!! Long time, no see!! Estou de volta aqui ao blog e cheia de motivação para voltar a escrever. É verdade que fiz uma grande pausa, mas quando não há vontade, é melhor nem escrever.
Ainda assim é muito bom voltar a falar com vocês!!

No post de hoje venho falar-vos da minha experiência ao fazer o diagnóstico de pele da Kiehl's que me abriu imenso os olhos no que toca à minha rotina de pele. 



Para quem não conhece, a Kiehl's é uma marca especializada em cuidados de pele e cabelo que representa uma combinação de conhecimento cosmético, farmacêutico, ervanário e medicinal.
Antes de fazer o diagnostico usava produtos sem saber muito bem que benefícios teriam ao certo para a minha pele, um gele de limpeza aqui, um hidratantezito ali, e assim se fazia a minha rotina de pele.

Mas na semana passada, enquanto eu e uma amiga minha dávamos uma volta pela zona de beleza do El Corte Inglês, reparámos na nova banca da Kiehl's e que estavam a fazer diagnósticos de pele gratuitos. Não quisemos perder esta oportunidade e aventurá-mo-nos.

A funcionária era super atenciosa e tirou-nos todas as dúvidas que surgissem. Começou por medir o nível de hidratação da nossa pele. O nível ideal seria entre 40%-50% no entanto eu estava com 34,6% e era então importante que melhorasse a nível de hidratante.

Depois foi altura de medir os níveis de oleosidade, usou uns papéis próprios que colocou na zona T e na bochecha este foi o meu resultado.


Mostrou-nos uma série de produtos que se adequavam ao nosso tipo de pele e criou uma espécie de rotina com vários produtos, desde limpeza, tónico, sérum, máscaras, hidratantes, etc. E tudo sem nunca forçar o cliente a comprar, o que foi um plus!


Foi óptimo porque com os produtos que já tenho consegui criar uma nova rotina que se adequa ao meu tipo de pele e quando acabar os produtos que estou a usar agora, sem dúvida que vou passar na Kiehl's especialmente porque eles oferecem amostras para nos "abrir o apetite" e posso dizer que a máscara de argila é fantástica. É super refrescante conseguem mesmo senti-la a actuar sobre a pele e a remover as impurezas. 


E vocês já foram à Kiehl's? Gostariam de ver a minha nova rotina de pele?
Olá a todos! Aqui estou eu para mais um post, já que nestes dias é tudo o que posso fazer de produtivo. 
Pois é, fiz uma cirurgia em que as minhas amígdalas foram removidas e vim contar-vos alguns detalhes acerca da minha experiência. 
Já há vários anos que tinha reparado que as minhas amígdalas estavam maiores que o normal e no inverno não eram, de todo, a melhor companhia pelas amigdalites e dores de garganta que tinha (para não falar no mau hálito). Resolvi então fazer uma visita ao Otorrinolaringologista e removê-las de uma vez por todas. Todas as pessoas com quem falei que tinham passado pelo mesmo disseram que era uma cirurgia muito fácil e a recuperação rápida, embora a experiência da minha mãe (removeu-as aos 50 anos) não tivesse sido a melhor mas o tempo de recuperação aumenta com a idade. 



No passado dia 21 de Setembro às 9h30 fui então internada no hospital da CUF no Porto, e 2h depois estava a ser anestesiada para começar a operação. Confesso que não tinha particular receio pela operação, mas sim pela recuperação, porque durante a cirurgia estive inconsciente.
Quando acordei, a sensação que tive foi a de uma amigdalite totalmente normal, o que me surpreendeu bastante porque pensei que me fosse doer imenso.
O que mais custou no inicio foi sem duvida engolir o que quer que fosse, e tudo o que eu comia era doce e frio, e eu não sou grande fã de doce e gelados não são algo que me assista. 
A capacidade de falar foi diminuindo à medida que os dias passaram muito pela inflamação, e agora mal consigo falar.
Estou no quarto dia após a operação e a minha alimentação já evoluiu. Inicialmente só ingeria líquidos: sopa passada, batidos, iogurtes. Agora já consigo comer peixe cozido, batatas cozidas, ovos mexidos, o que tem melhorado em muito a minha fome. E tenho sempre os eternos analgésicos para salvar o dia.
Acho que o pior disto tudo é não poder comer o que nos apetece, visto que eu sou uma sucker por bons pratos. 
Enfim, daqui a 2 dias volto ao hospital para a médica me fazer um check-up e ver se está tudo bem. Wish me luck!!